Laboratório de Gestão do Território

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Mudanças Climáticas e a Vulnerabilidade da Zona Costeira do Brasil

Artigo de João Luiz Nicolodi e Rafael Mueller Petermann publicado na Revista da Gestão Costeira Integrada apresenta uma contribuição ao conhecimento dos cenários atuais e previstos, avaliando o grau de vulnerabilidade da zona costeira brasileira (em escala da União), com base em uma combinação de critérios ambientais, sociais e tecnológicos, definidos quando da publicação do Macrodiagnóstico da Zona Costeira e Marinha por parte do Ministério do Meio Ambiente em 2008. Regiões de baixa altitude, densamente povoadas, socialmente carentes e com intrincadas redes tecnológicas são as mais vulneráveis e que demandam prioridade de ação integrada por parte dos tomadores de decisão. Ao longo de todo o país diversas áreas foram classificadas com grau alto ou muito alto de vulnerabilidade, com destaque para as regiões metropolitanas de Belém, capitais dos estados da região nordeste, Rio de Janeiro e Santos.

Vulnerabilidade

Leia o artigo na integra (PDF)